Buscar
  • Vila Recicla

Agregado reciclado, vale a pena?

Por: Amanda Vieira


A qualidade e o custo final de uma obra são diretamente influenciados pela escolha de materiais e insumos que serão utilizados em suas etapas construtivas. E nesse momento, para muitos engenheiros pode surgir a dúvida: usar agregados reciclados ou usar agregados convencionais?


Na hora de construir, agregados podem ser sinônimo de economia ou de alto custo para o empreendimento. Assim, em todo país, o maior atrativo para emprego dos agregados reciclados é o fator econômico, uma vez que têm sido vendidos, a valores inferiores aos dos agregados convencionais.


Dessa forma, em obras de pavimentação, por exemplo, onde o seu consumo ocorre em larga escala, a utilização desses produtos torna-se uma grande estratégia para gerar economia no custo global do empreendimento.

Aplicações do agregado reciclado produzido na UBAR, unidade da CTR Marca Ambiental.


Mas como para qualquer outro material, antes de comprar é preciso verificar suas normas regulamentadoras e os tipos de aplicações para os quais podem ser utilizados. As normas brasileiras NBR 15.115 e NBR15.116 (ABNT, 2004) estabelecem diretrizes e limites a serem respeitados para o uso dos agregados reciclados, sendo indicados para camadas de pavimentação e para o preparo de concretos sem função estrutural.


Parecem ser poucas, mas são diversas as suas utilizações. Pensando nisso, a ABRECON - Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição, lançou o MARE - Manual de Aplicação do Agregado Reciclado, que padroniza sua nomenclatura e apresenta em fichas técnicas mais de cem aplicações, contando com a relação de normas, instruções de trabalho, de caracterização e controle de qualidade.

Agregados Reciclados fornecidos na UBAR, unidade da CTR Marca Ambiental.


Não se pode deixar de destacar que optar pela utilização desses materiais, é também optar pela sustentabilidade. Para e pense, você vai construir uma calçada, por exemplo, o que faz mais sentido? Comprar um material nobre proveniente da exploração ambiental de uma jazida natural ou utilizar o agregado reciclado e reinseri-lo na cadeia produtiva?


A resposta parece ser obvia, mas ainda é desconhecida por muitos, que nem ao menos sabem que possuem essa opção. É por isso, que nós da Vila Recicla, nos comprometemos a informar, divulgar e entregar o melhor em agregados reciclados. Acompanhe os próximos artigos e fique por dentro de mais informações, cases e conteúdos exclusivos sobre o assunto.


Amanda Vieira

Engenheira Civil pela Universidade Federal do Espírito Santo

Pós Graduação em Administração de Empresas pela FGV

Sócia-Proprietária e Diretora Técnica da Vila Recicla


#agregadosreciclados #vilarecicla #reciclagem #residuosdaconstruçaocivil #abrecon #vamosjuntos #sustentabilidade #entulho #reciclagemdeentulho

MARE - Manual de Aplicação do Agregado Reciclado pode ser adquirido no site da ABRECON

( abrecon.org.br)

176 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo